Linha GestãoLinha Projetos

A linha PROJETOS trata das opções de captação de recursos para as empresas, o que poderá ocorrer, por exemplo, em operações de fusões e aquisições (compra e venda de empresas), aporte de capital e financiamentos de longo prazo. Nesta linha de atividades tem sido habitual a avaliação das empresas e de suas marcas, que muitas vezes tem levado a ProFit a encontrar novos sócios para assumirem a empresa ou motivado a aquisição de concorrentes, além de análises e pareceres, inclusive na defesa da ordem econômica.


Fusões e Aquisições

A ProFit atua na área de fusões e aquisições, tendo grande experiência adquirida ao longo de vários anos de atuação, podendo oferecer o suporte necessário a essa operação até a conclusão do negócio.

Tendo como clientes empresas de diversos portes e setores da economias, destaca-se a atuação da ProFit nos seguintes mercados: alimentos e bebidas, editoras e livrarias, louças e metais sanitários, indústria hoteleira, instituições esportivas, tecnologia da informação, óleo e gás, indústria mecânica, instituições de ensino, rede de franquias, mineradoras, empresas de engenharia, clínicas e hospitais, entre outros.

Esta linha de atuação compreende o desenvolvimento de uma estratégia de aproximação com potenciais interessados na operação da empresa, fazendo a introdução às características do negócio, apresentando-os aos atuais sócios e assessorando-os na negociação.

De modo geral, as principais razões para se VENDER uma empresa são:

  • Oportunidade de outro negócio ou diversificação de investimentos
  • Aposentadoria dos sócios ou falta de sucessores
  • Previsão de baixa rentabilidade
  • Falta de experiência gerencial
  • Problemas societários

Por sua vez, as principais razões para se COMPRAR uma empresa são:

  • Economia de tempo e de escala
  • Ganhos na de formação de marca, no alcance de novos mercados, canais de venda e direitos de distribuição
  • Conquista de novas tecnologias, patentes ou processos industriais
  • Aproveitamento da tecnologia existente
  • Relacionamento com clientes
  • Possibilidade de aprender com os erros de proprietários anteriores
  • Otimização do quadro de funcionários

Um projeto desta natureza normalmente é desenvolvido a partir das seguintes etapas:

1. Análise de dados

2. Memorando de Informações

3. Mapeamento de potenciais investidores

4. Contato com potenciais investidores

5. Início das negociações

6. Memorando de Entendimentos

7. Due diligence

8. Análise pelo vendedor

9. Documentos finais

10. Closing

Avaliação de Empresas e Marcas

A ProFit desenvolveu uma forma de avaliação, de modo rápido e objetivo, mas sem perder a melhor qualidade técnica. O método de avaliação, quando apropriado, está geralmente ligado à expectativa de resultados futuros, baseados em premissas de crescimento, rentabilidade e risco do negócio.

A forma mais aceita de avaliação econômica é baseada no cálculo do valor presente líquido dos resultados esperados das empresas. Com esta metodologia, objetiva-se obter um consenso inicial sobre a avaliação do negócio.

Outros métodos de avaliação também são utilizados de forma complementar, como o Capital Asset Pricing Model e a avaliação por múltiplos (faturamento, margem bruta, EBITDA, resultado líquido, etc.).

Esta metodologia é aplicada em avaliações de novos projetos de investimento, nas privatizações e em fusões e aquisições, onde a ProFit já vem atuando desde sua fundação, há mais de 20 anos.

Financiamentos de Longo Prazo – BNDES e outros

Muitas vezes a insuficiência de capital próprio desponta como um fator inibidor dos projetos de investimentos das empresas. Uma alternativa seria o pleito de financiamento junto a instituições de fomento, como por exemplo, o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), a FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos), o IFC (Banco Mundial) e a AgeRio (Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro).

O financiamento de longo prazo caracteriza-se por complementar o capital da empresa, levando em conta um horizonte de tempo suficiente para que o fluxo de caixa entre receitas, amortização do financiamento, juros e demais encargos possam estar em equilíbrio.

Ao se apresentar um projeto, é necessário expor, entre outros, os seguintes pontos: o que a empresa pretende fazer, como, quando e porquê.

Também é fundamental a demonstração da capacidade de realização do projeto, através do histórico empresarial (jurídico e econômico), da idoneidade pessoal dos acionistas e administradores, a viabilidade técnica e econômica, a capacidade financeira para bancar os recursos próprios necessários e um retorno financeiro sustentável.

De maneira geral, os financiamentos do BNDES e de outras instituições no Brasil têm como base a Taxa de Juros de Longo Prazo (TJLP), com um custo histórico menor do que aquele embutido numa captação de recursos via mercado (levando em conta a SELIC) e até mesmo do que o custo de oportunidade a partir da utilização de capital próprio (tendo por base o CDI), revelando um dos atrativos para a obtenção de financiamentos de longo prazo.

Neste sentido, a ProFit possui mais de 20 anos de experiência na obtenção e aprovação de projetos, atuando na elaboração e acompanhamento de projetos para a obtenção de financiamentos para a implantação, expansão e modernização de empreendimentos, bem como a realização do exame do enquadramento do melhor tipo de financiamento para as empresas, podendo oferecer o suporte necessário em todas as etapas do pleito de financiamento.

Fale conosco para marcarmos uma apresentação sobre como poderemos ajudá-los neste projeto, bem como indicar referências sobre nosso trabalho.

Benefícios Fiscais Estaduais para Investimentos no Rio de Janeiro

Atualmente os mecanismos mais interessantes para incentivar a instalação e a expansão industrial no Rio de Janeiro estão previstos no FUNDES – Fundo de Desenvolvimento Econômico e Social, e no FREMF – Fundo de Recuperação Econômica de Municípios Fluminenses. Ambos os programas proporcionam benefícios fiscais a empresas que planejam investir no estado do Rio de Janeiro.

Ao longo dos anos a ProFit tem atuado na assessoria de empresas que precisam obter apoio aos seus projetos de investimento, como pode ocorrer a partir da utilização das condições previstas pelo FUNDES e pelo FREMF.

Defesa da Ordem Econômica e Agências Reguladoras

Juntamente com a estabilização econômica promovida pelo Plano Real, diversas reformas institucionais vêm transformando o país. Dentre essas reformas, destacam-se a criação de agências reguladoras (ANATEL, ANEEL, ANP, ANS, etc.) e a formação do Sistema Brasileiro de Defesa da Concorrência (SBDC), composto pela Secretaria de Direito Econômico (SDE), e que instrui os processos que são encaminhados ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE), autarquia encarregada de julgar atos e práticas relacionadas à defesa da ordem econômica.

Esses atos e práticas envolvem análise de fusões e aquisições, acusações de formação de cartéis, avaliação dos possíveis efeitos anticompetitivos de joint-ventures, identificação de tentativas de monopolização por parte de empresas dominantes em seus mercados, entre os mais importantes, enquanto que às agências reguladoras cabe estabelecer as diretrizes que servem de parâmetro para as decisões dos agentes nos setores regulados.

Esse novo ambiente institucional demanda das empresas uma preparação adequada, tanto do ponto de vista jurídico, como do ponto de vista econômico. A desconsideração da análise econômica pode comprometer severamente as chances de sucesso diante das instituições acima citadas, que examinam não apenas a adequação dos atos e práticas às normas legais, mas também suas consequências em termos econômicos.

Face a esta nova necessidade, a ProFit passou a contar com esta nova linha de atuação, em colaboração com renomados especialistas no assunto na área acadêmica.